Arquivo da tag: exercícios

Hiragana

Hiragana é o primeiro silabário que vamos aprender. É usado para todas as palavras para as quais não existe kanji, para as quais não se saiba qual o kanji correspondente ou que este seja de uso raro. É usado ainda como partícula nas sentenças e para indicar a flexão verbal. O hiragana, assim como katakana, foi criado a partir de ideogramas chineses para representar os fonemas da lingua japonesa.

Hiriganas derivam de ideogramas chineses

Hiragana deriva de ideogramas chineses

Sons Puros

Este silabário é composto de 46 sílabas chamadas puras, sendo cinco vogais, 40 sílabas compostas pelo binômio “consoante+vogal” e uma sílaba nasalada, com o som de n ou m. Este deve ser o foco inicial dos estudantes, pois a partir destas sílabas puras, podemos construir o resto do silabário. Veja abaixo:

Sons Puros
a i u e o
ka ki ku ke ko
sa shi su se so
ta chi tsu te to
na ni nu ne no
ha hi fu he ho
ma mi mu me mo
ra ri ru re ro
ya yu yo
わ wa を wo
n

Sons Impuros

Os sons impuros, isto é, derivados de outros sons, são conseguidos colocando-se um sinal gráfico na região superior à direita do kana. Existem dois sinais gráficos para isto: o Dakuten ( ) , e o handakuten ( ). O dakuten, também conhecido como ten-ten, é usado nas linhas K, S, T, H. Já o handakuten é apenas usado na linha H. Veja a tabela:

Sons Impuros
ga gi gu ge go
za ji zu ze zo
da ji dzu de do
ba bi bu be bo
pa pi pu pe po

Ditongos

Por fim, temos os ditongos (Youon), formados a partir junção das sílabas da coluna I com as sílabas da Linha Y, sendo que estas últimas, ligeiramente menores. Vejam os exemplos abaixo:

ゃ ya ゅ yu ょ yo
き ki きゃ kya きゅ kyu きょ kyo
し shi しゃ sha しゅ shu しょ sho
ち chi ちゃ cha ちゅ chu ちょ cho
に ni にゃ nya にゅ nyu にょ nyo
ひ hi ひゃ hya ひゅ hyu ひょ hyo
み mi みゃ mya みゅ myu みょ myo
り ri りゃ rya りゅ ryu りょ ryo
ぎ gi ぎゃ gya ぎゅ gyu ぎょ gyo
じ ji じゃ ja じゅ ju じょ jo
び bi びゃ bya びゅ byu びょ byo
ぴ pi ぴゃ pya ぴゅ pyu ぴょ pyo

Estamos quase terminando por hoje. Vamos à pronúncia.

Pronúncia

Vejamos algumas peculiaridades da pronuúncia japonesa:

  • Shi e seus derivados têm som do x em xícara português;
  • Chi e seus derivados têm som do tch em “tchau”;
  • Tsu, que tem som do zu no “Zucker” alemão. O “t” é pronunciado suavemente,um pouco parecido com a forma que é pronunciado o “d” nos verbos no particípio em inglês (“said”, “missed”, etc). Não pronuncie como se houvesse um i entre “t” e o “su”: “Tisu”;
  • Fu é um som diafragmal, uma mistura dos sons portugueses ru (de “rua”) e fu (de “fumaça”), ou /hhu/;
  • O g é sempre forte; com i e e, forma sons semelhantes ao gui e ao gue em portugueses, respectivamente;
  • O h é aspirado, como no inglês, com o som de r como em rato;
  • O r é um desafio! Não existe em japones o fonema /r/ como o usado em português.em “Caro” ou “Pare”. É meio que uma mistura de “r” com “l”, não dá para explicar direito, é preciso ouvir. Se você sabe falar inglês, este vídeo pode ajudar;
  • O n (ん) tem sempre um som nasal;
  • O j tem som do gi no “giorno” italiano, ou /dzh/, ou como J em James (inglês), mas nunca como J em Jorge;
  • じ e ぢ são pronunciados da mesma forma, a maioria das plavras com o fonema ji são escritas em hirigana com じ. Teremos que decorar as exceções.
  • O resto é pronunciado quase que igual ao português, inclusive as vogais.

    Bem, este é o fim da aula de hoje. Os links para os exercícios desta lição estão logo abaixo. Minha dica para acelerar a aprendizagem do hiragana é uma técnica de repetição: aprendam uma linha (as vogais, para começar) e passem para a próxima linha. Quando aprender a nova linha, escrevam em um papel todas as linhas que vocês aprenderam, e passem para a seguinte. Se errarem, comecem o processo de novo pelas vogais. Fazendo isto uma hora por dia, em uma semana vocês terão aprendido quase todo o silabário. Foi assim comigo. É claro que sempre vão fugir à memória algumas sílabas, mas você terá decorado a maioria em pouco tempo.

    Lembrem-se, é muito importante aprender os silabários o quanto antes. Este blog terá muito pouco Romanji (reprodução dos fonemas japoneses em letras ocidentais), por isso, sem o conhecimento dos silabários, os estudos ficarão muito difíceis…

    Exercícios

    Escrevendo Hiragana

    Vocabulário Hiragana

    Anúncios

    2 Comentários

    Arquivado em Silabário